Blog

Fluxo de caixa e o agronegócio: o caminho para uma empresa sustentável

O fluxo de caixa de uma empresa de revendedora de produtos do agronegócio é um indicador da saúde financeira, pois representa a capacidade que a corporação tem para gerar dinheiro e cumprir suas obrigações, por exemplo, pagamento de empregados, fornecedores e garantir a continuidade das operações.

Ao conseguir equilibrar o fluxo de caixa, uma empresa pode atender às suas necessidades comerciais diárias e evitar o endividamento. Para ajudar nisso, nada melhor do que ter a tecnologia como aliada.

Nesse post, nossa missão é ajudar você a entender como o Business Intelligence é uma ferramenta essencial para a saúde financeira da empresa. Vamos?

Acredite, Business Intelligence é a melhor solução para um fluxo de caixa equilibrado!

De acordo com Zack Jourdan, Business Intelligence (BI) pode ser definido como os processos de análise de informação dentro de uma empresa, com o intuito de melhorar os processos de tomada de decisão e criação de vantagens competitivas.

Para isso, um sistema BI capta dados e transforma-os em informações que são apresentadas em gráficos e relatórios, por exemplo, contas a pagar, contas a receber, orçamento, balanço, inadimplência e contábil.

Os relatórios fornecidos pelo BI para gestão do financeiro e da contabilidade são fáceis de usar e permitem que os usuários criem painéis e relatórios que apresentam uma perspectiva geral dos detalhes financeiros da empresa, possibilitando a identificação de áreas problemáticas e tendências de dados que ficavam invisíveis aos olhos humanos.

Os insights de BI orientam e também auxiliam o gestor a manter um negócio mais eficiente, identificando rapidamente os problemas de desempenho e possibilitando o uso de dados para tomar decisões financeiras mais assertivas.

Vantagens de usar o BI para fazer a gestão financeira da sua empresa

Quem trabalha na gestão sabe que não há tempo a perder, certo?

Como você já deve ter percebido, a principal vantagem competitiva do Business Intelligence específico para a gestão financeira é a visão geral sobre os dados, certo? E agora você deve estar se perguntando: o que mais? Ou como um BI financeiro e contábil  funciona na prática?

É o que veremos a partir de agora: exemplos de alguns indicadores que podem facilitar a sua gestão financeira no dia a dia.

Ter uma visão baseada em dados, não em suposições

Sem dúvidas, vivemos em uma época onde os dados estão em posição central quando falamos em estratégias de negócios e tomadas de decisões.

Ao implementar um sistema de BI no setor financeiro, é possível obter mais controle e compreensão dos dados que fluem pela empresa e isso é essencial para fugir de suposições na tomada de decisões. A partir da implementação do BI, esqueça possíveis deduções e isso acontece porque o sistema simplesmente fornece as informações que você precisa.

Analisar e controlar as despesas e recebimentos

No financeiro, tudo é uma questão de equilibrar o que entra e o que sai, certo? O problema é  que entre um e outro, há uma infinidade de situações inusitadas e na prática, isso não é tão simples assim.

Um sistema de business intelligence voltado para o financeiro prepara os gerentes com relatórios e gráficos visualmente intuitivos, precisos e fáceis de usar, dando uma visão geral sobre as contas a pagar e receber, assim como os prazos para elas.

As informações são geradas automaticamente e o gestor escolhe como prefere visualizar a frequência, se é diária, semanal, trimestral, mensal ou anual. A partir dos relatórios gerados, os gestores podem avaliar se há escassez ou superávit de caixa e terão tempo para tomar algumas medidas, por exemplo, investir no crescimento da empresa se houver caixa livre.

Fazer a previsão de balanços

As empresas que trabalham com revenda no agronegócio que costumam fazer o balanço mensal através de planilhas de excel, necessitam aguardar até o final do mês para fazer o fechamento, afinal, é um processo que demanda tempo para a execução.

De modo geral, nessas empresas revendedoras, a contabilidade fiscal ou tradicional é feita pelo ERP e ele entrega os relatórios estáticos, em PDF ou Excel.

Porém, algumas dessas empresas optam por aprimorar a área financeira com ferramentas que permitem uma contabilidade gerencial. Em outras palavras, elas preferem administrar o financeiro por centro de custos e por centro de resultados, assim podem acompanhar melhor os resultados por filial e por consultor, pois consideram que o mesmo indicador pode apresentar diferentes cenários.

Quer um exemplo de como isso funciona na prática?

Com o BI, o gestor pode usar esse indicador específico e analisá-lo de forma vertical e horizontal, assim ele usa essas informações para entender melhor a situação.

Outra opção interessante para o setor de revenda no agronegócio é a realização de diagnósticos comparativos entre as lojas, consultores e segmento de produtos. Desse modo, é possível deixar tudo detalhado e pronto para as reuniões gerenciais.

Controlar a inadimplência dos clientes

A falta de pagamento ou atraso no pagamento por parte dos clientes pode provocar apuros financeiros na empresa. Sem contar o trabalho extra para verificar as contas em atraso.

O cliente não pagou? Isso já aconteceu outras vezes? Quantas?

Perguntas assim costumam resultar na necessidade de elaboração de planilhas e mais planilhas de controle.

Com o BI, nada disso acontece.

A implementação de soluções de BI permite ao gestor acessar facilmente os detalhes dos devedores: quem são, quanto devem e por quanto tempo os pagamentos estão atrasados.

Prever o futuro e avaliar os riscos

O Business Intelligence aplicado ao financeiro oferece uma vantagem que nenhum outro método de análise de dados pode garantir: prever o futuro! Mas calma, não há nada de sobrenatural aqui.

Essa previsibilidade nos dados é possível a partir de uma combinação de indicadores que fornecem informações fundamentadas sobre os dados passados e atuais, o que simplifica possíveis análises para o futuro, mas tudo através de dados precisos.

Assim, é possível produzir um roteiro sobre o que esperar para que seja possível se preparar adequadamente e agir de acordo.

Esse recurso é fundamental para a elaboração de um orçamento de planejamento financeiro adequado e baseado em projeções futuras.

Quer um exemplo? Ao gerir o estoque de uma filial, o gestor da revenda pode identificar num relatório que há um gasto excessivo com determinado produto e outro com estoque consideravelmente empacado. Ao perceber isso, é possível assumir o controle da situação e evitar maiores danos.

O módulo Financeiro do Agroview: feito para o revendedor do agronegócio e feito para a sustentabilidade da sua empresa.

Na BRID, você encontra um sistema de gestão financeira desenvolvido para sua empresa planejar melhor as estratégias para o futuro e administrar o presente.

Nosso software de BI permite acessar dados com facilidade,  oferecemos um jeito prático e automatizado para gerenciar as informações das planilhas da controladoria, da contabilidade e das finanças, acompanhar todos os indicadores financeiros da empresa e automatizar os processos.

Um sistema desenvolvido para centralizar tudo em um só lugar, reduzindo erros e refações.

Ficou interessado? Então conheça agora mesmo nosso módulo financeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *