RH no agronegócio: por que usar a tecnologia BI na gestão de pessoas?

Postado por jessica.ribeiro
em 5 de novembro de 2020

Se antes as pessoas eram apenas parte de um processo dentro da organização, atualmente, a valorização do indivíduo é algo fundamental para se obter melhores resultados.

Ou seja, a gestão eficiente de pessoas é uma peça chave na empresa e tem sido a responsável pelo sucesso das organizações bem-sucedidas

O Business Intelligence no RH auxilia na obtenção, na organização de dados e consequentemente, na gestão das pessoas.

Nesse post, você vai entender melhor porque é tão importante usar Business Intelligence para avaliar o desempenho da sua equipe. Continue a leitura!

Agronegócio: os recursos também são humanos

Sabemos que o Brasil está no ranking dos maiores produtores de alimentos do mundo.

Também sabemos que para isso acontecer, o agronegócio vai muito além da produção no campo e engloba uma variedade de empresas, processos e operações que estão interligadas e que são, muitas vezes, difíceis de gerir e analisar.

A base desses processos e operações, como mencionou a Profa. Esp. Ângela C. Melo no site Administradores, “são as pessoas que lidam com os animais, que operam as máquinas e registram as informações geradas no dia-a-dia, entre outras tarefas.”

Porém, reconhecemos a dificuldade que é fazer a gestão no agronegócio, inclusive no setor de RH e seus respectivos desafios, por exemplo: encontrar e reter talentos, treinar e desenvolver pessoas, criar estratégias efetivas de gestão e outros.

Investir em tecnologia para valorizar as pessoas e pensar no futuro da empresa

Sem pessoas, não há produção e não há negócios. Infelizmente, uma boa parte dos gestores, principalmente em empresas menores, ainda têm dificuldades para enxergar o investimento em pessoas como algo que é capaz de gerar resultados concretos.

Ainda assim, uma coisa é certa: investir em tecnologia é uma forma de reconhecer e valorizar os recursos humanos, ou seja, as pessoas.

Na prática, o investimento em tecnologia pode ser entendido como a automatização máxima de processos que permite maior foco na qualidade das tarefas, o que resulta em  mais agilidade e controle de informações que facilitam as demandas diárias desse importante setor. Afinal, o BI é sempre uma solução para gestão de dados.

Quer um exemplo? Softwares de avaliação de desempenho usam a inteligência artificial para liberar os gestores de tarefas repetitivas e burocráticas que apenas atrasam o dia a dia. Assim, eles podem se concentrar mais em encontrar soluções criativas para os desafios a partir de dados precisos.

BI na avaliação de desempenho: na dúvida, siga os indicadores!

Basicamente, a função da tecnologia BI é fornecer indicadores que facilitam (e muito!) a vida dos gestores. Na prática, isso acontece porque essa tecnologia passa os dados por critérios específicos de tratamento, que possibilitam a extração de informações úteis para a gestão do RH.

Existem várias métricas disponíveis para controlar a produtividade dos funcionários e gerenciar melhor as equipes, dependendo das necessidades e da natureza do trabalho e da empresa.

Os indicadores facilitam a gestão porque são desenvolvidos para extrair informações precisas e fornecer análises detalhadas se, por exemplo, os objetivos dos trabalhadores estão sendo cumpridos, se o empregado está em um cargo adequado ao seu perfil, melhorar a coordenação dos processos, identificar os pontos fracos e analisar com informações precisas os problemas de produtividade em cada uma das áreas da empresa.

O que importa é que o uso de uma combinação dos principais indicadores-chave de desempenho para avaliação de funcionários fornece ao gestor informações precisas para alinhar o setor com os objetivos gerais da empresa.

O que o Business Intelligence na avaliação de desempenho dos empregados pode fazer pela sua empresa?

Confira agora alguns exemplos de vantagens que um software pode fazer pela sua empresa quando o assunto é avaliar o desempenho dos empregados.

Analisar produtividade e eficiência

A análise de produtividade e eficiência permite ao gestor uma perspectiva sobre a performance dos funcionários durante a jornada de trabalho.

O sistema permite controlar a eficiência do trabalho realizado por cada colaborador e a partir dessa análise, o gestor pode antecipar necessidades, ferramentas e suprir o empregado com os recursos necessários para que ele possa melhorar o seu trabalho.

Cruzar dados qualitativos com dados quantitativos

O BI fornece uma objetividade para a análise da equipe comercial e com ele, fica fácil para o gestor de RH entender quem é quem dentro da empresa.

O sistema permite avaliar indicadores quantitativos, por exemplo, metas cumpridas ou vendas executadas e cruzá-las com os indicadores qualitativos, como informações referentes às competências técnicas, especializações compatíveis com as funções, formações importantes para o cargo e outras.

Acompanhar relatório de ausências

A inteligência BI permite ao gestor acompanhar e mapear as ausências, identificando facilmente os empregados que faltam com frequência e que representam despesas para a empresa.

Obter uma visão dos gastos com pessoal

Sem dúvidas, a folha de pagamento está incluída na lista de despesas mais importantes de uma empresa.

Um software de Recursos Humanos e de Avaliação de Desempenho elimina a necessidade de trabalho extra com a produção de intermináveis relatórios manuais para gerar informações sobre os gastos com pessoal.

O sistema facilita o trabalho e permite ao gestor obter uma visão gerencial sobre o valor que está sendo investido com pessoal, o que contribui para o equilíbrio do caixa da empresa.

Quanto mais exatas forem as informações, menos dor de cabeça para o gestor.

Controlar horas extras, benefícios e outros encargos

O software de Recursos Humanos e de Avaliação de Desempenho elimina a necessidade de atenção redobrada ao cálculo de horas extras, pois ele proporciona a automatização desse processo, de acordo com as informações disponibilizadas pela equipe e outros sistemas.

Além disso, o relatório de horas extras devem ser analisados com atenção pelo gestor, pois podem indicar engajamento do funcionário ou obstáculo ao bem-estar dele. Se essa taxa for alta, é hora de pensar em  contratar mais pessoal , pois a carga de trabalho pode estar desgastando os atuais colaboradores

É claro que tem mais!

O que mencionamos aqui é apenas uma pequena descrição do que um software voltado para o setor de RH e a Avaliação de Desempenho pode fazer pela sua empresa.

Na BRID, desenvolvemos um sistema voltado especificamente para o mercado do agronegócio e portanto, com indicadores que favorecem e facilitam a gestão das empresas desse setor.

A nossa tecnologia e os conceitos como Big Data, analytics, BI e outras têm contribuído para uma gestão de recursos humanos muito mais completa e que permite garantir uma gestão eficaz e também o compromisso dos colaboradores e a análises precisas para gerar planos de ações personalizados.

Ainda não implementou um sistema para avaliação de desempenho no RH da sua empresa? Não espere mais, solicite agora mesmo nosso contato!